Jacob do Bandolim

Jacob Pick Bittencourt foi o grande propulsor do bandolim na música brasileira, nascido no Rio de Janeiro em 1918, morou sua infância toda no bairro da Lapa. Era autodidata e foi inspirado por seu vizinho cego a tocar violino, seu primeiro instrumento, apesar de não se adaptar. Dedicou-se ao bandolim e ao choro.

Teve sua estreia em um programa de rádio com o “Grupo do Sereno”. Inscreveu-se no Programa dos Novos Artistas da Rádio Guanabara e recebeu nota máxima do júri, sendo contratado para tocar no programa. Em 1947, gravou seu primeiro disco solo com os choros “Treme-Treme” e “Valsa Glória” de grande sucesso. Gravou mais de cinquenta discos é considerado um dos solistas mais importantes da música popular brasileira.

Ficou conhecido como Jacob do Bandolim por sua maneira inovadora de tocar o instrumento e seu estilo de composição e interpretação. Tornou-se pesquisador da música brasileira, principalmente do gênero. Ele alcançou popularidade ao montar o conjunto “Época de Ouro” no início da década de 1960, que permanece em atividade até hoje Jacob morava no Pechincha e faleceu em 1969 de infarto aos braços da esposa, Adylia. A Lona Cultural do pechincha, pertencente a um projeto municipal de incentivo à cultura nas zonas Oeste e Norte do Rio, recebe seu nome em sua homenagem.

Jacob do Bandolim

Imagem:  Fotografia de Jacob do Bandolim editada a partir de imagem do Fundo Correio da Manhã disponível no acervo do Arquivo Nacional (Brasil). 

Fonte: Wikicommons

Fale Conosco

Rua Alberto Soares Sampaio, 72 - Taquara (acesse o mapa)
(21) 3256 5641 |21 96429 7838
Horário de funcionamento:
terça a quinta - das 17h às 22h | sexta e sábado - das 17 às 23h
E-mail: contato@casadeculturajpa.com.br